DIÁRIO

7 de março de 2018

Senhor, não creio que tenhas nos criado para viver na exasperação.

Se por um lado meu coração busque cada vez mais te servir, por outro, este serviço às vezes ultrapassa minhas limitações. Careço do descanso de alma que só Tua presença me dá.

Como Agostinho te disse em suas Confissões: “Fizeste-nos para Ti e inquieto está nosso coração, enquanto não repousa em Ti”.

Depois de um dia tão cheio, um coração tão atribulado, só espero poder encontrar-te mais, aquietar-me mais.

O louvo por seres a fonte de paz e descanso que minha alma precisa. O louvo por abrires à minha alma não apenas a vida eterna, mas a possibilidade de encontrar o descanso e uma noite tranquila.

Por Cristo, amém.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: